indicacao-midas
OFICINA MIDAS MAIS PRÓXIMA:
Remova aqui o seu email
Enviar

Precisa de trocar o Alternador Automóvel?

O motor de arranque não dá sinal?

O seu carro não arranca? Normalmente, o primeiro pensamento é que há algo de errado com a bateria. Mas a dificuldade em arrancar o carro também pode estar associada ao alternador ou ao motor de arranque.

 

Alternador automóvel: o que é 

A função do alternador automóvel é converter a energia mecânica em energia elétrica. Esta energia elétrica serve para recarregar a bateria, que por sua vez alimenta todo o sistema elétrico e eletrónico do automóvel (rádio, luzes, ar condicionado, limpa para-brisas, etc).

Portanto, qualquer falha na bateria pode ser um sinal de que o alternador auto está avariado.

 

Alternador avariado: sintomas

Agora que já conhece a função desta peça, é mais fácil perceber quais são os sinais do alternador avariado:

  • Dificuldade em arrancar. O primeiro sinal de que tem um problema com a bateria é a dificuldade em arrancar. Isto pode acontecer porque a correia do alternador partiu ou porque o alternador não gera energia suficiente.

  • Luz da bateria ou luz do alternador acesa no painel. Como o alternador serve para repor a energia da bateria, a luz da bateria no painel (que pode estar sempre acesa ou ficar intermitente) é um dos primeiros sinais de que tem um problema no alternador. Este sinal não significa que tem de trocar o alternador automóvel, uma vez que pode ser só um problema elétrico nos cabos da bateria. Não há maneira de ter a certeza sem testar o alternador e a bateria  do automóvel numa oficina especializada.

  • Veículo perde capacidade de iluminação. Se nota que as luzes interiores do veículo estão mais fracas, as luzes do painel parecem mais escuras e os faróis perdem alcance, provavelmente é porque a bateria não está a carregar devidamente (outro sintoma de avaria no alternador no carro). 

  • Sistema de som do carro não funciona bem. A bateria é responsável pelo sistema multimédia. Se o alternador não carrega, o sistema de som (sobretudo as saídas de som) podem deixar de funcionar ou trabalhar de forma deficitária.

  • Vidros ficam mais “lentos”. Com o alternador avariado, qualquer parte do sistema elétrico pode falhar. Se nota que os vidros elétricos demoram mais tempo a descer e a subir, pode ser um sintoma de que o alternador carrega pouco.

  • O ar condicionado deixa de funcionar. Atenção: se o AC do seu carro deixou de fazer frio, talvez baste fazer o carregamento do ar condicionado (o que é um problema totalmente diferente). Mas se o AC não liga poderá eventualmente ter um problema na bateria. 

  • Ruídos anormais. Este é o sintoma mais inespecífico, porque não é fácil distinguir o ruído de um alternador avariado de outras falhas no motor. Fique atento a ruídos agudos que coincidem com as rotações do motor. 

 

⚠️ Não deve usar o carro com o alternador avariado! Se nota algum destes sintomas, recomendamos que vá a uma oficina auto testar o alternador do carro. 

 

 Alternador automóvel avariado: causas

A bateria costuma falhar quando deixamos o rádio ou as luzes ligadas demasiado tempo. Mas quais são as razões para ter o alternador avariado? 

  • Excesso de componentes elétricos. Se instalou novos acessórios que precisam de energia elétrica (como por exemplo, novo sistema de som/rádio, ou, alarmes) ou se substituiu algum componente de fábrica por uma peça que exige mais potência, o alternador pode não aguentar a carga. 

  • Uso excessivo dos componentes elétricos. Usa o seu carro para carregar o telemóvel? Liga o rádio todos os dias quando vai para o trabalho? Está sempre a ligar e a desligar o motor no trânsito? Isto não estraga o alternador, mas acelera o seu desgaste. 

  • Deixar a bateria descarregada. Quando a bateria descarrega demasiado, o alternador entra em esforço para “compensar”. Se isto acontecer uma só vez, não é o suficiente para deixar o alternador avariado. Mas se costuma esquecer-se do rádio e das luzes ligadas, o alternador desgasta-se mais depressa, assim como a própria bateria. Recarregar a bateria de forma errada (ligando-a a outra, por exemplo) também é um procedimento que danifica o alternador.

  • Correia do alternador avariada. A correia do alternador, que é de borracha, gasta-se com o uso, com a falta de uso e com kms percorridos. Se não seguir as recomendações do fabricante e não substituir a correia do alternador na altura apropriada, pode acabar por “ressecar” ou partir. Alguns automóveis mais recentes têm correntes de metal, mas deve consultar sempre o manual do veículo para confirmar a sua vida útil. 

  • Escovas do alternador, rotor, bobina, placa, polia ou hélice danificada. Todas estas peças fazem parte do alternador em si e podem desgastar-se com o uso, especialmente as escovas do alternador. Embora seja possível reparar algumas destas peças, atualmente é preferível trocar o alternador automóvel no seu conjunto.

  • Avaria no regulador de tensão. Quando o regulador de tensão avaria, o alternador envia por norma uma carga demasiado alta à bateria (acima dos 15 volts), o que provoca uma sobrecarga em todo o sistema elétrico. 

 

Como saber se tem o alternador avariado? 

Testar o alternador automóvel

Se nota um ou vários dos sintomas que já mencionamos, é altamente recomendável testar o alternador numa oficina

Verificar o alternador é um processo rápido, que consiste em usar uma ferramenta própria para testar o sistema de carga. Outro teste rápido é colocar um multímetro nos terminais da bateria. 

Com a exceção dos carros elétricos, que têm uma voltagem diferente, a carga de um alternador automóvel deve estar entre os 13.8 - 14.2 volts com as luzes apagadas. 

Caso não cumpra estes parâmetros e detetarmos uma avaria, o melhor é trocar o alternador. Os nossos mecânicos vão dar-lhe um orçamento com o preço do alternador auto de forma rápida e transparente.

 

Outros testes de despistagem

Além de verificar o alternador, também é conveniente fazer a despistagem de outros problemas na bateria e na correia de transmissão, que podem causar problemas e sinais de avaria muito semelhantes. 

Por isso, nas Oficinas Midas verificamos sempre todo o sistema de arranque, nomeadamente:

 

Se nota algum destes problemas, dirija-se à Oficina Midas mais próxima de si. Faça um controlo completo do alternador automóvel, do motor de arranque e da bateria e siga viagem em segurança. 

 

Confie em nós, estamos à sua espera!

Ligue-nos Midas

Ligue-nos

210 115 017